O segundo trimestre… o milagre da gestação

Bem, como já disse, a barriga crescia e muito. Nessa altura do campeonato já era possível saber que eu estava grávida. E como toda grávida bem informada eu já sabia tudo sobre bebês. Descobri muitos sites. Comprei todas as revistas sobre o assunto. Nas consultas mensais, eu o meu esposo (que sempre me acompanhava – ele nunca perdeu uma consulta sequer) fazíamos todas as perguntas imagináveis para o meu obstetra. Algumas vezes, as dúvidas eram tantas que levávamos até anotadas. Aproveitei esse tempo para curtir a gravidez, já que esse é o melhor período da gestação. Nada de enjôos. Também nesse período eu pesquisei muitas lojas de móveis, decorações e roupas. Ahhh, também vivi toda angústia de não ter mais nenhuma roupa me servindo, mesmo aquelas que eu havia comprando depois de grávida. Afinal, eu trabalha muitoooo, até umas 9h, 10h da noite, e passava todo esse tempo sem comer. Daí, eu chegava em casa “varando” em fome e devorava tudo o que via pela frente – o que resultou em 20 quilos a mais no fim da gestação. Além dessas coisas, o segundo trimestre é o período em que se experimenta a emoção de poder sentir os chutes do bebê, perceber os momentos de soluço, além de notar ele se “ajeitando” dentro de nós. Isso faz com que a intimidade e o amor pelo bebê aumentem e muito. (Lembro-me que eu colocava o controle da televisão em cima da barriga e o Pedro o chutava, fazendo-o quase cair… era muito engraçado.) Ah… o Alê conversava muito com o Pedro também. Ao dormir, me abraçava segurando aquele barrigão… uma fase linda. O fato de já saber o sexo e chamá-lo pelo nome é muito importante e comprovado cientificamente. Eu já era mãe mesmo antes de dar a luz. Na hora do banho, aproveitava para cantar para o Pedro. A música “Grãozinho de Ouro” da irmã Kelly Patrícia, uma freirinha, era a primeira do meu repertório e, acreditem, o Pedro a reconheceu depois de nascido. A canto para fazê-lo dormir até hoje. Por essas e outras coisas, estar grávida é meio mágico. Ainda olho pro meu filho sem entender como aquele serzinho perfeito pode ter sido formado dentro de mim. Milagre puro do amor de Deus.

Grãozinho de Ouro
Kelly Patrícia

Floquinhos de algodão misturam-se no azul do céu
Folhas verdes, árvores, pássaros, montes.
Tudo mostra quão bonito é o que Deus criou
Tudo mostra quão bonito é o que Deus criou
Você também faz parte dessa criação,
como obra bela, obra prima, que Deus, o bom Deus, me deu,
meu grãozinho de ouro, meu grãozinho de ouro.
Abelha faz o mel, o passarinho canta,
A árvore com o fruto alimenta o homem
Tudo é sinal do amor de Deus por cada um de nós
Tudo é sinal do amor de Deus por cada um de nós
Você também, com o seu jeitinho de ser,
é para mim, concretamente, sinal do amor de Deus
meu grãozinho de ouro, meu grãozinho de ouro,
meu grãozinho de ouro, meu grãozinho de ouro.

Tags: , , , , , , , ,

2 Respostas to “O segundo trimestre… o milagre da gestação”

  1. Samantha Says:

    Oi Suzana,
    Também curti muito essa fase da minha gravidez, mas na verdade curti todas, não tive enjoo no começo, sentir ele mexer era maravilhoso e papariquei ele ao máximo na barriga. Nem no final quando eu já estava cansada, inchada e enooooorm eu deixei de curtir.
    Ficar grávida é divino e é por isso que o nome do meu filho é Théo(significado: De Deus, presente de Deus).
    Linda música!
    Beijo
    Samantha

  2. alessandra Says:

    Oi suzana gostei muito do seu relato na gravidez acho q não só eu como varias mães se identificaram com vc
    um grande abraço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: