Resenha: Os Filhos da Revolução

Terminei de ler o livro (Os Filhos da Revolução), escrito pelo meu amigo jornalista, Patrick Selvatti. Segue resenha.

No romance Os Filhos da Revolução, Patrick Selvatti fala sobre uma geração que cresce em meio a grandes transformações políticas e culturais, numa capital recém construída no meio do nada.  Com grande naturalidade, o autor mistura realidade e ficção, entrelaçando as estórias dos jovens personagens aos fatos marcantes de Brasília na década de 80 como as passeatas pelas “Diretas Já”, a forte presença do militarismo na capital, as diversas manifestações culturais e, inclusive, os ícones que marcaram essa geração. Durante a narrativa, Selvatti traz à tona, ainda, conflitos da adolescência como a descoberta da sexualidade, o mal das drogas e da bebida, a imaturidade e a responsabilidade andando de braços dados, gravidez e contágio do HIV, além das muitas formas com que os pais lidam com a criação dos filhos – tudo isso ao som do pop rock que surgia na capital federal, com a presença de personalidades como Renato Russo, Zélia Ducan e Cássia Eller. Os leitores mergulharão num túnel do tempo e, de fato, se reconhecerão em alguns personagens, ainda que tenham que “fechar os olhos” a algumas cenas picantes que poderiam ser suprimidas.

Tags:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: