Festinha: quanto trabalho!

pedroemamaeComo viram, no post anterior contei que o Pedrinho terá festinha de aniversário. E terá mesmo! No entanto, confesso: não pensei que desse tanto trabalho. Como não temos dinheiro sobrando para fazer aquelas festinhas em que as pessoas reservam casas de festas, escolhem o tema e somente se encarregam de entregar os convites, há muitas providências a serem tomadas. São elas: orçamentos e mais orçamentos, planilha para controle de gastos, local, lista de convidados, confecção de convites, mesa tema, descartáveis, salgados, doces, bolo, contratação de brinquedos para diversão da garotada, contratação de garçonetes e decoração com balões, fotógrafo, centros de mesa, lembrancinha para os pequenos, música, roupa do Pedro, saídas sem fim para comprar todo necessário, entrega dos convites… entre outras milhares de coisas que eu inventei de fazer. Affff… E eu não quero nem me preocupar ainda no trabalho que terei no dia da festinha! Mas meu pimpolho merece. Hoje percebo que a minha decisão de não ter feito festa no ano passado foi a mais correta possível. Isso porque acredito que só valerá à pena porque o Pedro já aproveitará a festinha. Aliás, aquele sorriso lindo de satisfação compensa qualquer sacrifício que essa mãe boba possa fazer na vida. Além disso, acredito que nos próximos anos será mais tranqüilo fazer qualquer coisa uma vez que eu já terei noção do que é necessário ou não e em quais locais devo fechar esta ou aquela coisa. Bem… a festinha será no dia 28, ainda há muito o que fazer. Depois volto pra contar como andam os preparativos.

Anúncios

Tags: , , , , , , , , , , , ,

2 Respostas to “Festinha: quanto trabalho!”

  1. vivianems Says:

    festinha dá trabalho sim mas é sorriso do filho recompensa tudo! vale a pena e até que a gostoso esta expectativa que criamos, um trabalho de sucesso é ver que os convidados estão felizes e as crianças entretidas….

  2. Dani Guimarães Says:

    Tenho saudade do tempo em que para a festa nossas mães faziam o bolo, compravam uns refrigerantes e chamavam os coleguinhas da rua.
    Era tudo tão mais simples.
    Meu pequeno faz 01 ano em maio, e já estou às voltas com os preparativos.
    Abraço para a família linda!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: