Indignação: hospitais particulares cancelam pediatria na emergência

Hoje, li, estarrecida, uma notícia no site do Correio Braziliense – um dos maiores jornais de Brasília. A matéria trazia o seguinte título: Hospitais privados no DF deixam de oferecer pediatria nas emergências. Por ser mãe e depender, em diversas situações, das emergências pediátricas, resolvi procurar saber do que se tratava: dois grandes hospitais do DF (Hospital Brasília e Prontonorte) decidiram acabar com as emergências pediátricas em seus pronto-socorros. O motivo seria os baixos honorários recebidos pelos pediatras. “Nas consultas por planos de saúde, o repasse para os médicos é de cerca de R$ 40”, explica a matéria. O texto ressalta, ainda, que a falta de atendimento infantil especializado nestes hospitais tem superlotado outros pronto-socorros como o Santa Luzia e o Santa Lúcia, por exemplo. E que a média de atendimento nestes locais tem sido, em média, de três horas.

Confesso que o fato me preocupa seriamente e por vários motivos. Além do tempo gasto para consultar uma criança, temo pela qualidade do atendimento realizado pelos profissionais. Quanto maior a quantidade de crianças, mais rápidas terão de ser as consultas. E o diagnóstico correto? E a saúde dos nossos filhos a quem serão entregues? Sem contar na exaustão dos médicos com toda essa situação. Além do mais, a quem cobraremos a fortuna de dinheiro que deixamos mensalmente nos “cofres” dos planos de saúde?

É de indignar. Já não bastava nosso país nos cobrar uma fortuna de INSS e nos devolver com o pior serviço de saúde possível, agora os nossos planos – que custam o olho da cara – nos atendem com qualidade. Isso já é uma realidade para mim. Lá em casa, todos nós temos o convênio subsidiado pela minha empresa e, mesmo assim, ainda são descontados quase R$ 600 por mês do meu salário, em função do plano. Mas, para levar meu filho a um bom pediatra, com experiência, pago pela consulta particular. E lá se vão mais R$ 150 por cada ida ao consultório!

Ah… a matéria ainda revela que “os recém-formados preferem se especializar em outras áreas mais rentáveis e que exigem menos dedicação”. Um absurdo! Quem vai cuidar da saúde dos pequenos?! Além disso, se a saúde das crianças não é bem acompanhada, teremos adultos doentes em breve!

Já passou da hora dos planos aumentarem os honorários dos pediatras e nos dar um serviço melhor. E não somente isso, mas diminuir o montante de burocracias na hora de fazer um exame, aprovar, com mais rapidez e eficiência as internações, entre tantos outros problemas que encontramos ao usar esse tipo de serviço.

Fica aqui toda minha indignação com essa história.

Tags: , , , , , ,

5 Respostas to “Indignação: hospitais particulares cancelam pediatria na emergência”

  1. As informações sobre os Primeiros Socorros » Blog Archive Indignação: hospitais particulares cancelam pediatria na … Says:

    […] post by suzanaleite Share and Enjoy: These icons link to social bookmarking sites where readers can share and […]

  2. Kelly Says:

    Um senador custa por ano o que custam cinco deputados – R$ 33,8 milhões, e isso nos temos que engolir a seco sabendo que esses porcarias “não servem” pra nada, ou melhor, não fazem aquilo que deveriam, por estar num cargo de senador. Mas a questão é, um porcaria de um senador recebe esse absurdo pra nao fazer nada, e um medico que é um profissional indispensavel recebe R$ 40,00 por consulta… Isso sim é o absurdo dos absurdos !
    Brasil amiga… isso é Brasil ! E o duro é que agente engole tudo isso calados !
    O que nos resta é contar com a sorte e com a benção de Deus !

    Beijos

  3. Samantha Says:

    É verdade Suzy, isso é um absurdo … Aqui no Rio, eu também preciso levar o Théo em emergências por vezes. E ficaria perdida sem saber o que fazer no caso de acabar a emergencia pediátrica por aqui.
    As mães por aí devem estar realmente revoltadas.
    Beijo pra vc e para o Pedro.
    Sam

  4. Samantha Says:

    tá sumida ….

  5. Rêh Says:

    Isso realmente é um absurdo. O governo cada dia se preocupa mais em encher os bolsos de seus membros… e que se lasque o povo. O pior é que quem sofre mais são os menos favorecidos. Só quem pode se dar ao luxo de ficar doente são os ricos, pois medicamento nesse país está o olho da cara. E essa agora de tirar a pediatria das emergências. Quer dizer que agora os pequenos precisam de hora certa para adoecer? Eles agora só podem adoecer na hora exata em que seus pediatras trabalham? Só o Brasil mesmo…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: