Uma semana com o Pedro, não tem preço!

As aulas do Pedrinho retornam na próxima segunda-feira (31). E esse período de férias foi bom para ficarmos mais juntos, por mais que eu não tenha tido férias. Como eu não tive recesso entre o Natal e o Ano Novo, meu chefe substituto – e muito bacana – Patrick Selvatti, me concedeu uma semana em janeiro pra eu ficar em casa. E assim se fez.

Não tirei essa semana pra descansar. Tirei essa semana pro Pedro. E, é fato, adoro ver meu pequeno se divertir. Aproveitei e convidei minha linda irmã Renata para que passeássemos juntas. Ela também é mãe de um garotinho (Biel), que tem quase a mesma idade do Pedro. Fomos então ao cinema. Assistimos o desenho animado Enrolados, que conta, de uma forma divertida, a história de Rapunzel. O Pedro e o Biel não cabiam em si. Pulavam, cantavam e gritavam no shopping. Na sala de cinema, os dois, com olhinhos vidrados no telão, viam ao filme enquanto comiam todas as guloseimas que eu e minha irmã compramos antes da sessão começar.

No dia seguinte, aproveitamos pra ir ao Zoológico. Brasília não tem muitos lugares para a criançada se divertir. E como choveu muito no início de janeiro na capital federal, ficamos com poucas opções. Mas, mesmo com medo da chuva desabar, fomos ver a bicharada. Fomos todos juntos novamente. Minha irmã resolveu fazer um piquenique. Levamos toalhas, muitas besteiras pra comer e uma bolsa térmica com as bebidas. Após andarmos um bocado e ver animais diversos, estendemos as toalhas, nos sentamos e fizemos o lanche. Eu não fazia isso desde a minha infância. Gostei, confesso. No fim do dia, as crianças foram pra minha casa e brincaram até cansar enquanto eu e minha irmã ouvíamos o bom som do Rosa de Saron.

Quarta-feira estava com o céu muito nublado. Fomos, então, brincar na casa da tia Renata. Pedro e Biel se entendem bem e gostam das mesmas coisas. Isso facilita muito a convivência deles. Eles cobram a presença um do outro e eu fico feliz por isso. Na casa da tia Rêh, os meninos comeram pipoca, assistiram filmes de heróis, brincaram de tudo um pouco e nós proseamos muito.

Na quinta, mudamos os planos e fomos almoçar na casa do vovô Paulo. Meu pai convidou um padre pra almoçar na casa dele e lá fomos nós. Tenho três irmãs adolescentes. E já ao chegar à casa do meu pai as meninas assumiram o Pedro e deram plena atenção a ele. É óbvio que o pequeno gostou. Elas o ensinaram a jogar os mais diversos jogos na net, desenharam com ele, conversaram, etc. Ai… como é bom ter muitas irmãs! Assim, são muitas tias pra olhar a prole. Rsrsrs

Sexta-feira foi dia de confraternização do ECC na minha casa. Não saí. Portanto, aproveitei a manhã pra brincar com o pequeno, desenhar, jogar bola…

Ter tempo para curtir o meu filho – como diz a propaganda – não tem preço. Vê-lo sorrir, feliz por estar comigo e por ter atenção da mamãe, não tem preço. Perceber seus avanços, estar presente nas horas que ele dá uma das respostas sensacionais, não tem preço. Por isso, muitas vezes acabo esquecendo de mim, de me cuidar, de ser mulher… Bate um remorso danado quando eu perco meu tempo livre fazendo qualquer coisa que não inclua meu filho. Portanto, a minha semana de recesso foi muito bacana. Curti cada segundo… E na semana seguinte, quando tive que voltar a trabalhar, Pedrico acordou e falou: “Mamãe, só o papai vai trabalhar, né? Porque você tem que ficar comigo”. É dose?!

Anúncios

Tags: , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: